Caricaturas da 1ª República

A Área Disciplinar de História associou-se às comemorações do 107º aniversário da implantação da República com uma exposição na Escola Secundária da Trofa, intitulada “Caricaturas da 1ª República”. Aberta a toda a comunidade escolar mas direcionada sobretudo para o 9º, 11º e 12º anos em termos de conteúdos programáticos, chamou a atenção por revisitar temáticas bem atuais.

São caricaturas que, ao longo dos 16 anos da 1ª República, foram publicadas em jornais da época como o “Sempre Fixe”, “O Zé”, o ”Cocorocó” entre outros, de autores como Rafael Bordalo Pinheiro e Stuart Carvalhaes, para citar apenas alguns que souberam, através da sua veia artística e da sua argúcia, apontar o dedo a muitos problemas da sociedade de então.

É uma arma como poucas e já Eça de Queirós lhe via virtualidades ao afirmar: “ Em boa política a caricatura é de boa guerra. É uma arma terrível, mas não desleal porque se exagera o falso, é para impedir que haja alguém que caia nele; a caricatura diz de mais para que nós digamos apenas o suficiente.“

Com esta exposição os docentes  da Área Disciplinar de História vão ao encontro do historiador António Mota de Aguiar que nos diz: “para ter ideias claras sobre o futuro do nosso país é fundamental tê-las sobre o seu passado”.

Aqui está o nosso contributo!